Meu namoro acabou por ciumes

Recomendados para você
Contents:
  1. Meu relacionamento acabou: o que fazer?
  2. Quem deixa não sofre menos, sofre mais
  3. Mais lidos na semana
  4. “Meu ciúme fez a gente terminar duas vezes, mas quero voltar” – TodaTeen

Mesmo relacionamentos ruins podem oferecer uma certa parceria e a possibilidade de contar com a outra pessoa em alguns momentos. De toda forma o ser humano costuma ser feito de rotinas. Perder esta pessoa também pode ser doloroso. Algumas vezes o sentimento simplesmente vai se esvaindo, a rotina pode ser reconfortante para alguns mas para outros pode ir deixando lacunas que um dia se percebem enormes.

Meu relacionamento acabou: o que fazer?

Creio que você pode aprender muito sobre si mesmo. Um psicologo pode ajudar quando procurado para realizar psicoterapia com o foco no fim do relacionamento. Muitas pessoas relatam, nesse momento, sensações físicas como falta de ar, dores no peito, alterações no apetite, no peso, no sono, entre outras. Estes sentimentos surgem pois, diante do rompimento, o indivíduo sofre um luto, reagindo à perda do objeto de amor.

O luto pode ser definido por um estado de espírito penoso, em que o interesse pelo mundo externo diminui e os pensamentos costumam girar em torno deste objeto perdido. Entretanto, pode ser que mesmo aquele que tomou a iniciativa do término experimente sentimentos negativos, como culpa e tristeza.

Ambas as partes passam a se questionar sobre o que poderiam ter feito de outra forma, a buscar explicações para o término e a lamentar pelos bons momentos perdidos. Após um tempo de afastamento, estes questionamentos tendem a diminuir e aos poucos, toda energia dedicada ao outro, pode ser reinvestida em si próprio.

Neste momento, pode ser de grande valia voltar a realizar atividades que tragam prazer, como fazer exercícios físicos, sair com seus amigos, dedicar-se ao trabalho, enfim, encontrar formas de investir em si mesma. Com uma passagem adequada pelo período de luto, torna-se possível reconhecer que estar solteiro pode, sim, ser positivo. Faça sua psicoterapia de apoio. Luto e Melancolia. Rio de Janeiro: Imago, Sentimentos predominantes após o término de um relacionamento amoroso. Brasília: Psicol. Desenvolver novas rotinas, por exemplo passar a fazer caminhadas, etc.

Insegurança

Abrir oportunidades para conhecer novas pessoas, mesmo sem expectativa de novos relacionamentos agora, fazer amizades pode preencher um possível vazio. Para alguns pode ser difícil se desvincular, nem sempre quem teve a iniciativa do termino lida bem com isso.

Quem deixa não sofre menos, sofre mais

É preciso respeito pelo sentimento da outra pessoa e atitudes que reflitam isso. Você realmente precisa passar por isso? Você pode facilmente confundir a raiva e o medo com achar que você ainda gosta do seu ex e que precisam voltar.

Tenha em mente que ficar remoendo sobre o que poderia ter sido é viver no passado ao deixar a nostalgia te prender em um período passado da vida. É possível guardar com carinho a experiência pelo que foi sem deixar que ela te arraste para o passado sempre. Pense nisso desta maneira; mesmo que você tivesse tal pessoa de volta, este vazio profundo seria preenchido? Olhe em volta. Sim, olhe em volta — sua casa, seu trabalho, sua família, amigos, carreira, etc.

Mais lidos na semana

Perceba todas as ótimas pessoas e oportunidades à sua volta. Foque nas pessoas que te fazem feliz. Tenha um salva-vidas, pelo menos no começo. Escute amigos e família. Pegue o caminho mais longo. É essencial ser educado, mas ninguém espera que vocês se tratem como melhores amigos.

“Meu ciúme fez a gente terminar duas vezes, mas quero voltar” – TodaTeen

Tentar isso seria estranho e falso e só iria estressar mais. A gente se vê. Fique na sua melhor forma. Faça isso porque você merece, você deve a si mesmo brilhar e mostrar ao mundo o melhor que você pode ser.

Isso pode ser uma ótima oportunidade para deixar seu lado criativo florescer e melhorar seus aspectos profissionais, se você encarar esse tempo como para seu crescimento pessoal e aproveitar as oportunidades. Seja sua principal prioridade. Seja o que fizer, lembre-se de que todas as suas ações devem se focar em seguir em frente.

Mude, mude, mude! Reorganize seu apartamento, pinte as paredes, faça um novo corte de cabelos.